eduzhai > Applied Sciences > Food Science >

Plantio de Grãos em Áreas de Fronteira, Ação Antrópica e Desmatamento. Estudo do Processo de Incorporação ao Mercado Nacional de Novas Terras da Amazônia (Expansion of Soybean Plantation in Frontier Areas: A Study of the Process of Incorporation of Newly 䵎瘯ἔ瘰㧆瘮羙癖甒헰ᒘ얈ůᒘÀ�

  • Save

... pages left unread,continue reading

Document pages: 23 pages

Abstract: Portuguese : A dinâmica dos atores sociais no avanço da fronteira e a incorporação de novos territórios à economia e à sociedade, tem atraído a atenção de estudiosos, pesquisadores e tomadores de decisão nos últimos anos. As análises feitas com base nas realidades regionais dessas últimas quatro décadas têm sido bastante reveladoras não somente de sua dinâmica interna, mas também de movimentos que conformam outros processos mais gerais que envolvem atores agindo no cenário nacional. Desde os anos 60 a política que norteou o avanço da fronteira econômica na Amazônia estruturou-se de forma a permitir a integração do mercado nacional e as estruturas produtivas de acumulação do capital. A produção de grãos, intimamente ligada ao mercado mundial, tanto de produtos alimentícios como de insumos e máquinas, vai se tornar aos poucos um modelo de produção que será visto como gerador de desenvolvimento local e regional. A cadeia de produção sojeira, possuindo fontes de financiamento próprias, interligadas ao mercado mundial, se implanta através de “pacotes” que inclui sementes, fertilizantes, maquinário, método agrícola e forma de escoamento da produção. Torna-se assim modelo extremamente presente nos discursos de produtores - pequenos, médios e grandes - atuando nessas novas áreas de expansão agrícola. Todo modelo de ocupação e de desenvolvimento sustentável para a região amazônica deverá levar em conta as estratégias desses atores sociais em sua complexidade.English : This paper aims to raise the complexity of strategies from diverse social actors present in the Arch of Deforestation in West and Southern Amazon. A research was carried in the Sao Felix do Xingu, Terra do Meio, Trairao, Morais de Almeida, Castelo de Sonhos and Cuiaba, in the BR-163 Highway. I aim to show the economic and social patterns of which turn possible to understand the logic behind the frontier advancement over the rain forest. Interviews were carried out with a diverse sample of social actors. Analyses based on the Brazilian regional realities have revealed not only its own internal dynamics, but also general processes involving actors from the national and international scene. The policies that guided the advance of the economic frontier were tailored to allow the integration into the national market. The production of soy beans, closely linked to the world market, recently became a productive model that is locally seen as generating regional development. The future of forested lands in the Arch of Deforestation is today an object of political struggle. All models of land occupation and sustainable development for the Amazon region will have to take in account the strategies of these social actors in all its complexity.

Please select stars to rate!

         

0 comments Sign in to leave a comment.

    Data loading, please wait...
×